17/08/2022

Seguradora supera 6 bi de euros em prêmios na América Latina

seguradora

A Mapfre aumentou o volume de prêmios de seguros em 14% na América Latina nos primeiros nove meses de 2017, alcançando volume de 6,2 bilhões de euros ( R$ 23,7 bilhões). O resultado no acumulado do ano foi de 157 milhões de euros (R$ 600 milhões), registrando um aumento de 6,6%. A região representa 34% dos prêmios e 35% dos lucros da seguradora no mundo.

Os prêmios da regional Brasil totalizaram R$ 13,2 bilhões (3,5 bilhões de euros), um incremento de 7,8% em relação ao acumulado em setembro do ano anterior, refletindo a valorização do real brasileiro (+ 8,8%). Destacam-se a contribuição do negócio de seguros gerais com 1,4 bilhões de euros, crescimento de 14%; os negócios de vida, com 1,1 bilhões de euros, aumento de 4,5%, e automóveis, com prêmios de 955 milhões de euros, com incremento de 3,8%. O Brasil contribui com quase 20% dos prêmios de todo o Grupo.

“Mesmo com a região passando por um momento econômico adverso, o Brasil se manteve como um dos principais geradores de receita para Mapfre”, afirma Wilson Toneto, CEO da companhia no Brasil.

Cifras globais

As receitas da empesa nos primeiros nove meses do ano somaram 21,3 bilhões de euros (R$ 81,5 bilhões), um aumento de 1,6% em relação ao mesmo período do ano anterior. Os prêmios aumentaram 5,1% alcançando 17,9 bilhões de euros (R$ 68,8 bilhões), impulsionados pelo aumento de negócios na Espanha, México e empresas de resseguro e risco global.

O lucro líquido, por sua vez, ficou em 445 milhões de euros (R$ 1.702,3 bilhão), um decréscimo de 22,3%, devido aos custos das recentes catástrofes naturais ocorridas tanto na América do Norte como no Caribe, cujo impacto estimado é de 176 milhões de euros (R$ 623 milhões) líquidos. Se o efeito dessas catástrofes fosse excluído, o lucro atribuído aumentaria 8,5%.

As catástrofes naturais (furacões e terremotos) também afetaram o risco combinado do Grupo, que está em 98,7%, apesar da magnitude desses eventos de tamanho e frequência excepcionais. Sem esses eventos, o índice combinado teria sido de 96,4%.

É importante destacar a evolução do negócio de resseguro que reporta lucro de 97 milhões de euros (R$ 371 milhões), com um índice combinado de 96,6%, com o forte crescimento do negócio na Espanha, especialmente em resultados.

Dividendo

O Conselho de Administração aprovou o dividendo antecipado em função dos resultados de 2017, em 6 centavos de euros por ação.

L.S.
Revista Apólice