Depois de trocar uma de suas principais turbinas no início do ano, substituindo Marcos Ferreira por Luís Gutierrez como CEO para o Brasil nas áreas de Auto, Seguros Gerais e Affinities, o Grupo BB e Mapfre troca agora outra turbina principal. Roberto Barroso deixa a presidência nas áreas de Vida, Rural e Habitacional, cargo que ocupava desde 2011.

Roberto Barroso


 

Poucas vezes saímos felizes de uma posição de que gostamos. Eu tenho essa sorte”

Roberto Barroso


 

Barroso será sucedido pelo economista Fernando Barbosa, que deve ser nomeado após autorização prévia da Superintendência de Seguros Privados (Susep). “Ser sucedido pelo Fernando Barbosa é, para mim, uma honra e uma alegria. Conheço o seu trabalho, sua competência e, melhor, o seu caráter. Por isso, posso asseverar que o Grupo estará ainda melhor daqui para frente, do que esteve até aqui”, afirmou o executivo, em entrevista exclusiva à Revista Apólice.

Pontos altos

O executivo fez um balanço do período em que ficou à frente do grupo segurador. “Foi bastante desafiador. A criação de uma grande joint venture, em qualquer segmento ou mercado, traz enormes desafios técnicos (unificação de sistemas e procedimentos; identificação e ganhos de escala; revisão de contratos; esclarecimentos a fornecedores, distribuidores e clientes; unificação de modelos de governança) colaboradores e suas equipes; culturas e suas expectativas; medos e reações”, analisou.

Entre os fatos mais marcantes e os principais desafios durante sua trajetória na empresa, o executivo destaca três pontos: o início das operações conjuntas, em 2011, em que a empresa nasceu como o segundo maior grupo segurador do país; a definição do modelo de governança interna e a reestruturação do modelo de atendimento.

Lívia Sousa
Revista Apólice

Deixe uma resposta