saúde

De acordo com a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad 2015), divulgada recentemente pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), menos de 40% dos brasileiros entrevistados, com 15 anos ou mais, afirma realizar algum tipo de atividade física entre setembro de 2014 e setembro de 2015. Ainda assim, os exercícios mais preferidos são o futebol e a caminhada.

Para ajudar a combater o sedentarismo e proporcionar bem-estar à população, o Hapvida criou o Hapvida +1k, programa que oferece gratuitamente assessoria de corrida e caminhada. Desde o lançamento do programa, em fevereiro de 2016, já são quase 10 mil pessoas beneficiadas em cinco capitais estaduais (Belém, Fortaleza, Maceió, Recife e Salvador). A expectativa é que em breve mais cidades contem com esta iniciativa.

Além de beneficiar os clientes da operadora de saúde, o programa é aberto às demais pessoas que tenham interesse em se exercitar e ter uma melhor qualidade de vida por meio da prática esportiva. Nas cinco localidades, as atividades são acessíveis também para cadeirantes e contam com acompanhamento de profissionais de educação física.

Para a diretora de Comunicação e Marketing, Simone Varella, é gratificante colaborar para a saúde dos brasileiros e tornar a prática de atividade física ainda mais acessível. “Trabalhar a saúde de forma construtiva e preventiva é uma marca do Hapvida. Entendemos que precisamos levar a saúde para a população como um todo”, ressalta.

A recomendação de exercícios físicos é comum não apenas para melhorar a qualidade de vida, mas também para auxiliar no tratamento de diversas doenças. Para Newton Ferreira Rodrigues, cardiologista do Hapvida Saúde, a atividade física proporciona uma série de benefícios para todo o corpo.

“Os exercícios ajudam a aumentar a massa muscular, melhora a qualidade dos músculos, fortalece os ossos, aumenta a flexibilidade das articulações, reduz o risco de infarto, de câncer de colo, de diabetes e hipertensão. A pessoa que pratica atividade física com frequência possui melhor controle do peso corporal e também tem ansiedade e depressão controladas”, afirma o especialista. Segundo ele, o ideal é que antes de começar a praticar exercícios, seja realizado o teste ergométrico e ecocardiograma.

L.S.
Revista Apólice

Deixe uma resposta