mapfre

Um dos objetivos da Fundación Mapfre é promover a segurança viária, contribuindo para a disseminação de informação e hábitos sociais que favoreçam a redução dos acidentes de trânsito e suas consequências.

Alinhada a esse posicionamento, a instituição desenvolveu uma plataforma de ensino à distância (EAD) para o programa Educação Viária é Vital, que incentiva discussões sobre o tema em salas de aula.

A ferramenta cria um ambiente virtual que promove o intercâmbio de conhecimento e experiências entre os educadores participantes do programa e a equipe pedagógica da instituição, contribuindo para o aperfeiçoamento dos processos de construção e execução de projetos escolares promovidos com os alunos.

A metodologia do programa inclui as formações presenciais e à distância, mas a expectativa é que a adoção da plataforma EAD auxilie o trabalho dos educadores com seus alunos, oferecendo mais insumos para a execução de projetos com maior qualidade.

Após a capacitação presencial, os educadores são cadastrados e recebem um login e senha para acessar a plataforma. A estimativa é que 800 educadores utilizem esse novo formato em 2016.

Programa Educação Viária é Vital

Focado na capacitação de educadores que desenvolvem trabalhos escolares em sala de aula com alunos de ensino fundamental e médio, o Educação Viária é Vital destaca-se por ser uma ação educativa que envolve os alunos em uma ampla pesquisa sobre as condições da circulação viária de suas próprias escolas e das comunidades próximas, incentivando-os a implementar ações que tornem a circulação mais segura e eficiente.

Desde 2004, o programa já impactou mais de 100 mil educadores e aproximadamente 4 milhões de alunos, distribuídos em nove mil escolas de 100 cidades em 16 estados brasileiros.

Os bons resultados do programa deram visibilidade mundial à iniciativa, cujos frutos foram apresentados durante o Congresso de Segurança Viária da Organização das Nações Unidas (ONU), em Genebra, na Suíça, ocorrido em março de 2015.

Em 2016, já foram beneficiados 1.838 educadores de 32 municípios de nove estados (São Paulo, Bahia, Ceará, Paraíba, Acre, Pernambuco, Santa Catarina, Pará, Amazonas). A estimativa para esse ano é que aproximadamente 15 mil crianças sejam impactadas diretamente pelo programa.

Índices alarmantes

Com mais de 40 mil mortes anuais, o trânsito no Brasil é considerado violento, gerando custos sociais de R$ 30 bilhões. De acordo com especialistas, o alto índice de acidentes pode ser atribuído ao comportamento inadequado e inseguro do brasileiro, tanto no ambiente urbano quanto no rodoviário.

Essas ocorrências também atingem de maneira especial crianças de zero a 14 anos. De 2010 a 2012, quase 40% dos mortos em acidentes de trânsito estavam nessa faixa etária.

L.S.
Revisa Apólice

Deixe uma resposta