Zona Leste de São Paulo lidera roubo e furto de motos acima de 250 cilindradas

Um levantamento feito pelo Grupo Tracker constatou que 34,92% dos roubos e furtos de motos acima de 250 cilindradas que aconteceram em 2015, na Grande São Paulo, foram na Zona Leste. Em segundo lugar ficou a Zona Sul, com 23,04% do total, seguida da Zona Norte (17,34%), Zona Oeste (13,54%) e Centro (6,89%). A Grande São Paulo ficou em último lugar, com 4,28%.

No total, em 2015 a empresa registrou 421 ocorrências envolvendo motocvicletas grandes. 391 delas foram recuperadas pelo Grupo.

A Zona Leste também foi a região onde acontece o maior número de recuperações (40,66% do total), segundo o estudo. “A tendência é que as motos sejam roubadas e levadas imediatamente para desmanches, por isso as regiões com maior número de desmanches também tendem a ser as regiões com maior índice de recuperações”, explica Rodrigo Abbud, gerente de Marketing e Vendas da companhia.

L.S.
Revista Apólice

Deixe uma resposta