Terremotos Sumatra Indonésia

Terremotos como o que aconteceram no Equador causam danos profundos e difíceis de reverter. Países como Japão, Nova Zelândia e Estados Unidos são constantemente atingidos por desastres naturais como esses e têm procurado desenvolver cada vez mais seus fundos de seguros para catástrofes.

Para esses países, estar sempre preparado é o mais importante, pois mesmo um terremoto de intensidade um pouco mais baixa pode causar muitos danos e perdas.

Fatores como infra-estrutura do país, prevenção, monitoramento e reservas para indenizações são essenciais.

As seguradoras e, especialmente, as resseguradoras são responsáveis por atender às indenizações que trazem grande impacto, também, ao setor de seguros. O abalo dessas catástrofes sempre é intenso, mas a reconstrução depende da prevenção.

Veja quais foram os terremotos e tsunamis que mais causaram impacto no mercado:

10 – Loma Prieta (EUA) – 1989

Terremoto LomaPrieta-Marina

Ocorrido na área da baía de São Francisco, na Califórnia, em 17 de outubro de 1989, com magnitude de 6.9 na escala. Causou a morte de 63 pessoas, deixando mais de 3 mil feridas.

Valor dos danos: US$ 10 bilhões
Valor das perdas seguradas: US$ 960 milhões

9 – Sumatra (Indonésia) – 2004

Terremoto Sumatra Indonésia

sismo e tsunami do Oceano Índico de 2004 foi um terremoto que ocorreu em 26 de dezembro de 2004, com epicentro na costa oeste de Sumatra, na Indonésia. Atingiu a magnitude entre 9.1 e 9.3. Causando a morte de mais de 230 mil pessoas em 14 países.

Valor dos danos: US$ 10 bilhões
Danos segurados: US$ 1 bilhão

 

8 – Emília-Romanha (Itália) – 2012

Terremoto Emilia-Romanha 2012

Já na Italia, foram registrados dois terremotos em 2012, em 20 e 29 de maio, na região de Emília-Romanha, próxima a Bolonha.
Com magnitude de 6,1, o primeiro terremoto foi seguido por mais dois tremores de magnitude 5,2, matando 24 pessoas. No dia 29, um novo tremor atingiu a região já abalada, matando mais 17 pessoas.

Valor total dos danos: US$ 16 bilhões
Danos segurados: US$ 1,6 bilhões 

7 – Christchurch (Nova Zelandia) – 2011

Terremoto ChristChurch_2011

Em 13 de junho de 2011, a Nova Zelândia sofreu um segundo terremoto naquele ano, com a magnitude de 6,3 na escala. Foram registradas 185 mortes.

Valor total dos danos: US$ 2,7 bilhões
Danos segurados: US$ 2,1 bilhões

6 – Kobe (Japão) – 1995

Terremoto Kobe Japan

 

 

 

 

 

 

 

O terremoto de Kobe ocorreu no dia 17 de janeiro de 1995 e atingiu a magnitude 7,2 e durou cerca de 20 segundos. Mesmo assim, aproximadamente 6 mil pessoas perderam a vida na catástrofe.

Valor total dos danos: US$ 100 bilhões
Danos segurados: US$ 3 bilhões

5 – Darfield (Nova Zelândia) – 2010

Terremoto Darfield

Também na Ilha Sul da Nova Zelândia, o terremoto ocorrido em 4 de setembro de 2010, alcançou 7,1 na escala de magnitude e causou danos consideráveis à região. O temor principal durou cerca de 40 segundos e não provocou mortes diretas. Um habitante faleceu por ataque cardíaco, outras duas pessoas ficaram gravemente feridas.
Valor total dos danos: US$ 10 bilhões
Danos segurados: US$ 7,4 bilhões

4 – Sismo do Chile – 2010

terremoto Chile 2010

sismo do Chile de 2010 ocorreu ao longo da costa da Região de Maule  em 27 de fevereiro de 2010, atingindo uma magnitude de 8,8 na escala de magnitude e durante três minutos. Foram registradas 520 mortes.
Valor total dos danos: US$ 30 bilhões
Danos segurados: US$ 8 bilhões

 

3 – Northridge (EUA) – 1994

Terremoto Northridge 1994

terremoto ocorreu na região da Grande Los Angeles, Califórnia, em 17 de Janeiro de 1994  e teve magnitude de 6.7. Com duração de 10 a 20 segundos, causou a morte de 61 pessoas e mais de 8.700 ficaram feridas.

Valor total dos danos: US$ 44 bilhões
Danos segurados: US$ 15,3 bilhões

2 – Canterburry (Nova Zelândia) – 2011

Terremoto Canterburry 2011

Sismo de Canterbury de 2011 (também conhecido como sismo de Christchurch) foi um terremoto de 6,3 graus de magnitude que atingiu a Ilha Sul da Nova Zelândia em 22 de fevereiro de 2011.
O número de mortes provocadas pelo evento foi de 185.

Valor total dos danos: US$ 24 bilhões
Danos segurados: US$ 16,5 bilhões

1 – Japão – 2011

Terremoto Japão

Com magnitude de 8,9, no dia 11 de março de 2011, o Japão foi atingido por um terremoto na região de Tohoku. O evento provocou alertas de tsunami e evacuação da área costeira do país e em, pelo menos, outros 20 países. Provou ondas de tsunami de 10 metros de altura que percorreram mais de 10 km de terra. De acordo com autoridades, houve mais de 13 mil mortes e cerca de 16 mil desaparecidos.
Valor total dos danos: US$ 210 bilhões
Danos segurados: US$ 40 bilhões

Com dados do Insurance Information Institute

Amanda Cruz
Revista Apólice

Deixe uma resposta