armando vergílio

 

O presidente da Fenacor, Armando Vergilio dos Santos Junior, indica que 2016 será um ano complexo, mas repleto de oportunidades para o setor de seguros. “Nossa área sempre teve esse condão de extrair de momentos difíceis e de crise oportunidades, tanto é que ele cresceu na crise de 2008 e 2009”. Vergilio credita este movimento à necessidade das pessoas se protegerem mais. Ele ressalta que o setor de seguros é um dos últimos a entrar na crise, apesar de reconhecer que ele também não é o primeiro a sair dela. “Mas não é o último setor a abandonar a crise!”

Quanto à crise política que o País atravessa, o ex-deputado federal parafraseou Magalhães Pinto: ‘política é uma nuvem no céu’. Cada dia é um dia diferente, surpreendente, novo, e que não define o que vai acontecer no dia seguinte. “Como brasileiro, eu nunca tinha vivido uma situação desta nem tomei conhecimento sobre nada parecido. Agora, com todos os processos já iniciados, esperamos que as coisas se resolvam até março de 2016, com ou sem impeachment da atual presidente”, declarou Vergilio, completando que daí para frente, qualquer que seja o cenário, o brasileiro deve vencer as barreiras da crise”.

 

 

 

Kelly Lubiato, do Rio de Janeiro
Revista Apólice

Deixe uma resposta