O presidente da Tokio Marine, José Adalberto Ferrara, abriu o evento promovido pela companhia falando sobre as perspectivas econômicas brasileiras para 2015 e as características do consumo, considerando que o Brasil possui pouca penetração do produto em relação ao PIB.

O desafio do plano da empresa até 2017 é subir de posição no ranking de automóveis, dobrando a participação no mercado para 16%. A carteira representa 50% da produção da empresa e cresceu 30% no primeiro trimestre, em relação ao mesmo período do ano anterior. No anual fechado em fevereiro, a empresa cresceu 21,3%, e encontra-se em 7o. lugar no ranking brasileiro geral, com prêmios diretos de 3,3 bilhões.

José Luiz Franco , diretor comercial corporate, afirmou que no mercado empresarial, o desafio é dobrar o market share até 2017. “A companhia quer participar deste setor de grandes riscos. Tentamos adquirir a carteira da Itaú, mas depois do resultado divulgado, adotamos um plano B ainda melhor, começando restruturação na área comercial corporate e trazer as alterações para dentro da companhia. Ele salientou que a Tokio é uma seguradora independente, ligada agrupo internacional centenário, com mais de 50 anos de Brasil. “Não somos seguradora de ocasião e temos planejamento de longo prazo. Podem ter certeza de que sempre estaremos falando de grandes riscos”, destacou.

O diretor da área comercial Valmir Rodrigues, assumiu compromisso de crescer nos próximos 3 anos, sempre baseado na qualidade da entrega de seus produtos. “Na área comercial, assumimos o compromisso da entrega. Todos trabalhamos de forma incansável na restruturação da empresa em todas as linhas. A seguradora investe principalmente em gente e no treinamento de seus colaboradores. Nós vendemos sinistros e temos que ter muita qualidade na hora crucial da nossa atividade. Com base nesta estruturação estamos ratificando o que falamos em todas as mídias, porque pretendemos fincar os pés nos produtos PJ, principalmente nos grandes riscos. Investimos muito nesta área e vamos enfrentar este momento de crise. Companhia não pode pensar de maneira negativa”.

Felipe Smith, diretor executivo de produtos pessoa jurídica, disse que a empresa tem estratégia clara para o pequeno, médio e grande risco. Ele falou sobre os produtos que a empresa oferece aos seus clientes:

No seguro de transporte, o foco está nos embarcadores importadores e exportadores, nacionais e transportadores de pequeno, médio e grande portes. Os diferenciais são a ampla rede global de atendimento e suporte em caso de sinistro. O contrato de resseguro da empresa é de US$ 40 milhões. “É uma companhia global com decisão local, com consultoria em gestão e prevenção de perda com 12 especialistas, além da assistência em estradas em caso de acidente”, enumerou.

No riscos nomeados e operacionais, a seguradora possui share de 6,4% e o foco está nas áreas de energia renováveis, infraestrutura, indústria de base, indústria em geral e bens de consumo e estabelecimentos comerciais/serviços. Os diferenciais são os serviços de Inspeções Termográficas; inspeção própria: gerenciamento de risco por meio de equipe de engenheiros especializados, com fornecimento de relatório de gerenciamento de risco ao segurado.

Em riscos de engenharia, o market share é de 9,4%, com crescimento de 29% em 2014. A capacidade automática é de R$ 40 milhões automática. O foco é na geração, transmissão e distribuição de energia. Os diferencias são a equipe de subscritores formada por 12 engenheiros especializadas. Riscos de engenharia está com equipe de subscrição unificada com o RC Obras, o que nos dá vantagem competitiva. Equipe de 5 engenheiros para traders.

No seguro de garantia, o bebê da empresa, tem o foco nos projetos de infraestrutura, concessão e judicial. O diferencial é a equipe com expertise em todas as modalidades; pacotes de soluções completas para o cliente; personalizado e agilidade no processo de subscrição; sistema on-line para seguro garantia: cadastro do tomador, emissão de apólice e gerenciamento de carteira.

 

Kelly Lubiato
Revista Apólice

Deixe uma resposta