A falha de múltiplos processos e sistemas de segurança é a causa mais comum dos maiores danos ao patrimônio de refinarias, petroquímicas, processadoras de gás, empresas de terminais e distribuição e plataformas no mundo todo. É o que mostra a 23ª edição do estudo “The 100 Larges Losses 1974-2013”, que mapeou os maiores acidentes nestes segmentos nos últimos 40 anos, da corretora de seguros Marsh.
De acordo com estimativa do relatório, os danos causados ao patrimônio destas empresas geraram perdas de US$ 34 bilhões desde 1974, no mundo todo, com a maioria dos acidentes registrados e setores offshore e em refinarias.
Segundo Andrew George, chairman da prática global de petróleo e gás da corretora, o setor global de petróleo e gás está se tornando cada vez mais sofisticado em sua abordagem ao gerenciamento de risco. “Com mais ênfase na utilização de novas tecnologias e nos mercados emergentes. Entretanto, nenhuma das perdas destacadas no relatório da Marsh deve ser considerada como eventos irregulares. Estes acidentes ocorreram geralmente por falhas nos controles e processos dos sistemas de segurança”, afirma.
Entre as 100 perdas analisadas nas últimas quatro décadas, o estudo aponta ainda as 20 perdas mais emblemáticas. O Brasil aparece na lista com os dois grandes acidentes com as plataformas da Bacia de Campos, no litoral do Rio de Janeiro, em 1988 e em 2001.

 

As 20 Maiores Perdas

 

DATA CATEGORIA CAUSA LOCAL PAÍS VALOR ATUALIZADO EM US$ Milhões1
07/07/1988 Upstream Incêndio/Explosão Piper Alpha,
Mar do Norte
Reino Unido 1,810
23/10/1989 Petroquímica Explosão denuvem de vapor Pasadena,Texas Estado Unidos 1,400
19/01/2004 Processamento de Gás Incêndio/Explosão Skikda Argélia 9402
04/06/2009 Upstream Colisão NorwegianSector Mar do Norte 840
19/03/1989 Upstream Incêndio/Explosão Golfo do México Estados Unidos 830
25/06/2000 Refinaria Incêndio/Explosão Mina Al-Ahmadi Kuwait 8202
15/05/2001 Upstream Incêndio/Explosão/Naufrágio Bacia de Campos Brasil 790
25/09/1998 Processamento de Gás Explosão Longford,Victoria Austrália 750
24/04/1988 Upstream Explosão durante Perfuração Enchova,
Campos Basin
Brasil 700
21/09/2001 Petroquímica Explosão Toulouse França 680
04/05/1988 Petroquímica Explosão Henderson, Nevada Estados Unidos 640
05/05/1988 Refinaria Explosão denuvem de vapor Norco,Louisiana Estados Unidos 610
11/03/2011 Refinaria Terremoto Sendai Japão 6003
21/04/2010 Upstream Explosão durante Perfuração/Incêncio Golfo do México Estados Unidos 600
12/09/2008 Refinaria Furacão Texas Estados Unidos 550
13/06/2013 Petroquímica Incêndio/Explosão Geismar, Louisiana Estados Unidos 5104
02/04/2013 Refinaria Indundação/Incêndio La Plata, Ensenada Argentina 5004, 5
25/12/1997 Processamento de Gás Incêndio/Explosão Bintulu,Sarawak Malásia 4902
27/07/2005 Upstream Colisão/Incêndio Mumbai High
North Field
Índia 480
14/11/1987 Petroquímica Explosão denuvem de vapor Pampa, Texas Estados Unidos 480

 

1. Valores inflacionados de Dezembro de 2013. Os valores são de baixo para cima, apenas danos materiais.
2. Novo, valor elevado ao dano à propriedade desta perda fornecido a partir do mercado de seguros.
3. Novos dados recebidos com relação ao valor da perda na refinaria, após o terremoto de Tohoku.
4. Nova perda desde a publicação da 22ª edição das 100 Maiores Perdas.
5. Entende-se que este valor ainda está sujeito a definição.

Deixe uma resposta