Depois dos três gols na Suécia no jogo em que Portugal garantiu a presença no Mundial do Brasil, as pernas de Cristiano Ronaldo ficaram seguramente mais caras. Não estão à venda, claro, mas passaram a ter um seguro bem mais alto.
Segundo o site “economia y negocios”, o Real Madrid tratou de renovar a apólice do seguro das pernas do craque português. Em caso de lesão grave, o clube passará a receber qualquer coisa como 103 milhões de euros, aumentando em 3 por cento o prêmio de seguro estipulado há um ano.
O seguro das pernas dos melhores jogadores do clube não é novidade no Real Madrid, uma vez que tal já acontecia com Zidane ou David Beckham e foi feito o mesmo em relação a Gareth Bale, cujo seguro está fixado em um milhão de euros caso sofra uma lesão grave.
K.L.
Fonte: O Jogo / Portugal

Deixe uma resposta