13/08/2022

Lucro líquido da SulAmérica cresce 9,7% no trimestre

A Sul América S.A. (BM&FBovespa: SULA11) finalizou o terceiro trimestre de 2013 com lucro líquido de R$ 117,1 milhões, alta de 9,7% em relação ao mesmo trimestre de 2012. A receita consolidada total da companhia no trimestre, resultante das operações de seguros, previdência, gestão de ativos e capitalização, chegou a R$ 4 bilhões. Deste total, R$ 3,2 bilhões foram em prêmios de seguros, que registraram crescimento de 14,8% em relação ao mesmo período de 2012. Um dos destaques do trimestre foi a marca de R$ 1 bilhão em receita de prêmios de seguros em um único mês, atingida pela primeira vez pela companhia.
O índice combinado, indicador que demonstra a eficiência operacional da companhia, melhorou e ficou abaixo de 99% no trimestre. O índice total de sinistralidade registrou melhora de 0,4 pontos percentuais no terceiro trimestre e de 0,7 p.p. no acumulado do ano. “Os resultados financeiros do período, acompanhados da marca inédita de R$ 1 bi em prêmios em um único mês, reforçam a crença em nossas decisões estratégicas. Estamos atentos aos desafios do mercado e trabalhando para atender às exigências com a estrutura e solidez de uma empresa prestes a comemorar 118 anos de existência”, afirma o presidente da SulAmérica, Gabriel Portella.
O segmento de automóveis superou o ritmo de crescimento dos outros períodos com aumento de 24,1% em prêmios emitidos na comparação com o mesmo trimestre do ano anterior. Fruto de uma política de subscrição equilibrada, o índice de sinistralidade apresentou redução, registrando melhora de 4,3 p.p. passando de 65,4% para 61% no trimestre, e chegando a 60,1% no acumulado do ano.
Algumas linhas de negócios, como seguro saúde e odontológico, foram favorecidas pelos efeitos sazonais típicos do período. Nesse segmento, as carteiras que mais cresceram em prêmios no terceiro trimestre foram saúde PME, com evolução de 23,8%, seguida da de planos corporativos, incluindo planos coletivos por adesão, com alta de 16%. A carteira de planos odontológicos teve incremento de 17% na receita, e já totaliza cerca de 620 mil segurados.
Os resultados da operação de Previdência foram impactados pela volatilidade do mercado e apresentou queda de 5,5% no trimestre, mas registrou crescimento de 56,5% no acumulado dos últimos nove meses. As reservas alcançaram R$ 3,9 bilhões no terceiro trimestre, uma alta de 8,3% em comparação ao mesmo trimestre de 2012.
Em Ramos Elementares, a carteira de produtos massificados teve expansão de 31,5% no terceiro trimestre, contribuindo para o desempenho desse segmento. A receita de prêmios mostrou queda de 3,6% no trimestre e alta de 4,7% no acumulado do ano.
Desde maio, com a conclusão da aquisição da SulAmérica Capitalização, os resultados da operação de Capitalização passaram a ser consolidados aos resultados da companhia. No terceiro trimestre, a arrecadação de títulos de capitalização foi 23,6% maior que no mesmo período do ano passado e alcançou R$ 485,8 milhões.
Frente ao terceiro trimestre de 2012, o resultado da operação da área de Gestão de Ativos obteve crescimento de 25,5%, reflexo do aumento de 25% na receita com taxas de administração de fundos.

A.C.
Revista Apólice