A Porto Seguro lança o Porto Seguro Grãos, produto com coberturas específicas para as lavouras de milho e soja (safras de verão). O seguro possui garantias que minimizam os prejuízos causados, sobretudo, pela ocorrência de fenômenos climáticos que venham a comprometer a colheita dos produtores rurais segurados.
Dessa forma, o produto também contribui para a estabilidade econômica da atividade agrícola no setor de grãos, com garantias para as culturas que impulsionam o seu crescimento. Ao todo, a safra 2013/2014 deve atingir 204,6 milhões de toneladas, 11% a mais em relação as 184,2 milhões de toneladas produzidas na safra 2012/2013. Nessas mesmas entressafras, as colheitas de milho e soja devem crescer, respectivamente, 13% e 9%, de acordo com o estudo “Projeções do Agronegócio”, do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento – MAPA.
O produto garante, em sua cobertura básica, os prejuízos causados às plantações pela ocorrência de incêndio, raio, tromba d’água, ventos fortes ou frios, granizo, chuva excessiva, seca, geada e variação excessiva de temperatura. Conforme a sua necessidade, o segurado também pode contratar a cobertura adicional de Não- emergência, que assegura os prejuízos decorrentes do replantio de sementes.
A contratação pode se tornar mais acessível se o segurado solicitar as subvenções oferecidas pelo MAPA ou Secretarias de Agricultura de alguns Estados, como São Paulo, Minas Gerais e Paraná.
Nesses programas, os respectivos órgãos assumem parte do valor do seguro. Na subvenção oferecida pelo MAPA, por exemplo, o percentual custeado varia entre 40% e 60%, dependendo da cultura coberta e região. Eem Estados como São Paulo, o produtor ainda pode combinar mais de uma subvenção na mesma apólice, o que lhe garante uma economia de mais da metade do custo total do seguro.

A.C.
Revista Apólice

Deixe uma resposta