O mercado de seguros de pessoas arrecadou R$ 12,7 bilhões no primeiro semestre de 2013, aumento de 20,48% na comparação com o mesmo período do ano anterior. No mesmo período, as seguradoras pagaram aos clientes R$ 2,9 bilhões em indenizações, volume 5,01% maior que o verificado no primeiro semestre de 2012, segundo a FenaPrevi (Federação Nacional de Previdência Privada e Vida), entidade que representa 74 empresas que comercializam produtos de seguros de pessoas e previdência complementar aberta.
O seguro viagem, que cobre morte e invalidez decorrente de acidentes extravio ou perda de bagagens, despesas hospitalares e médicas de turistas no Brasil e no exterior, foi o produto que apresentou maior crescimento relativo no período. A modalidade arrecadou R$ 44 milhões e obteve alta de 68,81%.
Outro produto que registrou forte crescimento relativo no período foi o auxílio funeral, que prevê cobertura, em caso de falecimento, das despesas com o sepultamento do segurado. O seguro somou R$ 126,7 milhões e registrou expansão de 59,62%.
O seguro de vida, produto com maior volume em prêmios no segmento, também obteve um bom resultado no primeiro semestre. Registrou um aumento de 18,66% e arrecadou R$ 5,5 bilhões, seguido por acidentes pessoais, que apresentou expansão de 11,27%, totalizando R$ 2,3 bilhões em prêmios.

 

Resultado no mês de junho
Na avaliação mensal, o mercado de seguros de pessoas registrou R$ 2,4 bilhões em prêmios e cresceu 37,49% em relação a julho de 2012. O seguro viagem também apresentou crescimento expressivo no primeiro semestre com R$ 8,8 milhões e alta de 92,2%. Já o auxílio funeral apresentou crescimento de 65,6% no volume de prêmios e arrecadou R$23,4 milhões.
O seguro prestamista, proteção financeira comercializada pelas seguradoras, principalmente, em parceria com redes de varejo, teve aumento de 57,06% totalizando R$ 722,9 milhões. Por fim, o seguro de vida teve alta de 35,07% e arrecadou R$ 982,9 milhões, e acidentes pessoais somaram R$ 447,3 milhões (alta de 24,46%).

 

Ranking das seguradoras por prêmio no 1º semestre de 2013 – R$ 12,7 bilhões

Grupo BB/Mapfre (19,60%); Grupo Bradesco (16,30%); Grupo Itaú (12,55%); Zurich Santander Brasil Seg. e Prev. (11,40%); Grupo Caixa (5,10%); Grupo HSBC (4,64%); Metropolitan Life Seguros e Previdência (3,76%); Cardif do Brasil Vida e Prev. (3,37%);

Icatu Seguros (2,95%) e o Grupo SulAmérica (1,85%). As demais seguradoras representaram 18,47% dos prêmios de seguros. Foram considerados, para este ranking, as respectivas holdings.

 

Evolução de Prêmios – 1º semestre 2013 

 

Seguros de Credit Life (que cobrem prestações)

Ramo

Jan/Jun2012

Jan/Jun2013

%

Prestamista

R$ 2.628.335.615

R$ 3.499.574.053

33,15%

Educacional

R$ 16.067.746

R$ 14.414.656

-10,29%

Desemprego e perda de renda

R$ 64.462.741

R$ 41.738.687

-35,25%

 

Seguros de Vida

Ramo

Jan/Jun2012

Jan/Jun2013

%

Vida

R$ 4.664.192.718

R$ 5.534.556.493

18,66%

Acidentes Pessoais

R$ 2.129.652.017

R$ 2.369.740.928

11,27%

Viagem

R$ 26.109.702

R$ 44.075.345

68,81%

Auxilio Funeral

R$ 79.379.791

R$ 126.709.463

59,62%

PCHV

R$ 786.794

R$ 957.006

21,63%

 

K.L.
Revista Apólice

Deixe uma resposta