Em dezembro de 2013 está prevista para entrar em vigor a resolução 245 (Simrav), a lei prevê a instalação do equipamento de rastreamento e monitoramento em todos os veículos fabricados no Brasil. Além de trazer grandes vantagens ao consumidor, a nova legislação deve incentivar a diminuição dos índices de roubo e furto de veículos no Brasil.
De acordo com Cyro Buonavoglia, presidente da Gristec, para o consumidor a grande vantagem é poder optar ou não pela ativação do serviço de localização e bloqueio. “Se escolher a ativação, o processo é bem mais simples que anteriormente: é feito remotamente (over the air), ou seja, o condutor não precisa mais levar o automóvel a uma concessionária ou prestador de serviço”, diz ele.
O Denatran (Departamento Nacional de Trânsito) está certificando os fabricantes de equipamentos antifurtos. Entre as empresas associadas da Gristec (Associação das Empresas de Gerenciamento de Riscos e de Tecnologia de Rastreamento e Monitoramento) que já foram homologadas estão: Sascar Tecnologia e Segurança Automotiva S/A, Cobra do Brasil Serviços de Telemática S/A, Controle Monitoramento de Veículos Ltda, Zatix Tecnologia S/A, Consilux Consultoria e Construções Elétricas Ltda, Ituran Sistemas de Monitoramento LTDA, SIM – Sistema Integrado de Monitoramento Veicular, Patrimonial e Pessoal Ltda, Car System Alarmes LTDA, PST ELETRÔNICA S/A – POSITRON, Porto Seguro Proteção e Monitoramento Ltda, Tracker do Brasil Ltda, C&C Computação e Comunicação Informática Ltda e Jide Car Rastreamento e Monitoramento Ltda.
Além da garantia do sigilo das informações de localização, o proprietário do veículo ganha mais segurança ao ter o equipamento antifurto instalado. Isso porque será parte integrante do carro e caso o dispositivo seja retirado ou adulterado, o automóvel perde, automaticamente, sua funcionalidade se autobloqueando.

A.C.
Revista Apólice

Deixe uma resposta