As seguradoras Allianz, Tokio Marine e Prudential estão entre as melhores empresas para trabalhar no Brasil, segundo o Great Place to Work (GPTW). As companhias foram agraciadas com o prêmio da entidade nesta segunda-feira, 19. O ranking é organizado, anualmente, pela GPTW, que é reconhecida globalmente pelas pesquisas realizadas sobre gestão.

O estudo apontou as companhias que se destacam pelo nível de satisfação com o ambiente de trabalho e pelo índice de confiança nas relações entre líderes e colaboradores. São reconhecidas 130 companhias: 70 de grande porte (acima de 1.000 funcionários) nacionais e multinacionais, 30 médias e pequenas multinacionais e 30 pequenas nacionais (entre 100 e 999 funcionários).

Segundo a GPTW, a Allianz se destacou em quesitos como orgulho credibilidade, camaradagem e respeito com as pessoas. Oportunidade de crescimento e desenvolvimento, equilíbrio entre vida pessoal e profissional e alinhamento entre os valores pessoais e profissionais foram apontados pela entidade como os mais valorizados pelos colaboradores da companhia.

O resultado é mais um passo em direção ao faturamento de R$ 5,8 bilhões até 2015, estabelecido pelo presidente da Allianz Seguros, Edward Lange, quando assumiu o cargo, no ano passado. Lange pretende alcançar esse resultado através de investimentos em marca – naming rights do Allianz Parque -, tecnologia, nova sede corporativa e, também, transformando a Allianz na melhor seguradora para trabalhar no Brasil.

“Essa conquista demonstra que estamos certos, quando acreditamos que, para cuidarmos do patrimônio de nossos clientes, precisamos cuidar, primeiro, do nosso maior patrimônio: nossas pessoas reforça o nosso compromisso em ser, cada vez mais, referência no mercado brasileiro de seguros”, afirma Lange.

Já a Prudential foi classificada entre as melhores empresas para se trabalhar no país conforme a pesquisa pelo quarto ano consecutivo. A companhia figurou na lista das 30 médias e pequenas multinacionais, resultado dos constantes esforços da companhia em desenvolver e valorizar o capital humano.

Um dos pontos fortes da seguradora é o programa Viver Bem, criado pela área de Recursos Humanos com o objetivo de oferecer qualidade de vida e equilíbrio e integração entre vida pessoal e profissional de seus funcionários. Ele engloba atividades como incentivo à participação de funcionários em corridas e maratonas, campeonato de futebol e sala de massagem, dentre outras.

Outras ações que merecem destaque são a disponibilização de sala de amamentação, que possibilita a retirada e armazenamento apropriado do leite materno; o transporte de ônibus exclusivo para funcionários; e o café da manhã com o presidente, encontro bimestral entre 12 funcionários e o presidente que visa a troca de ideias e a aproximação entre funcionários e o executivo.

“A satisfação do público interno e o seu desenvolvimento são prioridades na Prudential do Brasil. Para que a companhia possa devolver à sociedade sua qualidade de serviço, é preciso, primeiramente, criar um ambiente de trabalho favorável. É com muita felicidade que recebemos esta conquista”, comemora o vice-presidente de Recursos Humanos e Franquia, Paulo Leão.

A Tokio Marinefoi reconhecida na categoria “Grandes Multinacionais ou Nacionais”.

“Estar entre as melhores empresas na pesquisa do Great Place to Work é uma grande conquista, resultado dos investimentos contínuos que fizemos em capital humano nos últimos anos. Não é por acaso que ser reconhecida pelos colaboradores como uma excelente companhia para trabalhar faz parte da nossa Visão Estratégica”, afirma o presidente da companhia, José Adalberto Ferrara.

De acordo com o executivo, ter um ambiente que respeita a diversidade, disponibilizar canais de comunicação para os colaboradores e promover ações de desenvolvimento profissional contribuem para a satisfação dos funcionários. “A premiação reconhece os benefícios de um clima organizacional saudável e atrai mais e melhores profissionais”, diz Ferrara.

Com o intuito de transformar o ambiente de trabalho das empresas, a instituição desenvolve a pesquisa “Melhores Empresas para Trabalhar” em 49 países, envolvendo organizações da América do Norte, América Latina, Europa, África, Oceania e Ásia. A análise criteriosa compreende mais de 6.000 empresas anualmente e mais de 11 milhões de funcionários. No Brasil, 1.095 empresas participaram da pesquisa em 2013.

J.N.

Revista Apólice

Deixe uma resposta