Trem descarrilado na Espanha/Telegraph

As seguradoras Allianz (baseada na Alemanha) e QBE (baseada na Austrália) são as fornecedoras de seguros de acidentes pessoais e responsabilidade civil de terceiros, respectivamente, para trem espanhol da operadora Renfe, que sofreu um acidente nesta quarta-feira, 24 de julho,em Santiago de Compostela, na Espanha. O trem descarrilou e causou 80 mortes, além de 95 pessoas feridas.

Ivan de la Sota, CEO daAllianz Seguros, emitiu uma declaração nesta quinta-feira(25) lamentando a perda de vidas. De acordo com a declaração, a cobertura de acidentes pessoais para todos os passageiros em trens públicos é obrigatória conforme a lei espanhola, e que a seguradora enviou uma equipe para o local do acidente para auxiliar na investigação e na ajuda às vítimas.

Um porta-voz da QBE confirmou que a empresa cobriu as perdas por responsabilidade civil de terceiros para a operadora Renfe.

O trem transportava 247 passageiros quando fez uma curva em alta velocidade, descarrilando e batendo em uma parede.

Indenizações

De acordo com informações publicadas pelo site de notícias Euronews, a Allianz deverá pagar 36 mil euros por vítima mortal, mais os custos da assistência médica e e as indenizações por invalidez.

Já o contrato de seguro de responsabilidade civil, firmado com a QBE, prevê um mínimo de 450 mil euros por sinistro.

Com informações dos sites Business Insurance e Euronews

Jamille Niero / Revista Apólice

Deixe uma resposta