O Hospital Samaritano de São Paulo, em uma parceria com a Escola Superior de Ensino da Universidade do Vale do Rio dos Sinos (Unisinos) e Sistema de Saúde Mãe de Deus, lança o MBA em Gestão e Segurança do Paciente. O curso é voltado para profissionais dirigentes e gestores com formação superior nas áreas da Saúde e da Administração de organizações públicas e privadas. As inscrições já estão abertas.

Com duração de 15 meses e carga horária de 420 horas, o programa tem como objetivo oferecer aos participantes a oportunidade de desenvolver competências para a análise e tomada de decisão dos processos críticos estratégicos.

Segundo Mozar de Leone Mauro, superintendente do ICEP – Instituto de Conhecimento, Ensino e Pesquisa do Hospital Samaritano, o tema Segurança do Paciente é abordado como necessidade de saúde pública mundial, sendo mote de preocupação de importantes serviços e instrumento absolutamente necessário para certificação de qualidade. “A falta de segurança nestes ambientes é responsável por prejuízos diretos ao paciente e à família, assim como prejuízos financeiros, sociais e jurídicos”, diz.

O programa proporciona instrumentos para auxiliar no processo decisório, bem como no desenvolvimento da capacidade de reflexão e análise para o crescimento organizacional, contribuindo com o desenvolvimento de competências gerenciais. “Aos profissionais permite o conhecimento das políticas e normas referente a certificação da qualidade e acreditação hospitalar,em especial da Organização Nacionalde Acreditação (ONA), Joint Commission International (JCI) e normas da International Organization for Standardization (ISO), tendo como base as ferramentas de gestão e os principais aspectos que envolvem a segurança do paciente”, completa Mozar.

A estrutura curricular do MBA de Gestão e Segurança do Paciente, além de contemplar modelos e ferramentas atualmente utilizadas pelas organizações, agrega uma visão social do segmento saúde. “Isso acontece através do estudo de políticas públicas implementadas, analisando casos reais e projetos já aplicados com sucesso”, afirma o superintendente.

De um modo geral, o curso propicia condições para que o gestor desenvolva conhecimentos, habilidades e atitudes relacionados aos processos vinculados à gestão estratégica em saúde, compreendendo suas interrelações e suas dinâmicas no contexto do negócio, bem como, uma formação sólida nos conhecimentos relacionados à segurança do paciente e acreditação nacional e internacional de serviços de saúde.

Mais informações e inscrições pelo site www.samaritano.org.br ou pelo telefone (11) 3821-5719.

J.N.

Revista Apólice

Deixe uma resposta