Há cerca de 3 anos, ingressaram no mercado algumas corretoras com a proposta de vender seguros de forma 100% online. A maioria delas entrou no segmento comercializando, principalmente, o seguro automóvel. Este ainda é o carro-chefe na produção das corretoras online, mas após alguns anos de amadurecimento desta forma de fechar negócios, o cenário começa a mudar. Duas delas, a Sossego e a Escolher Seguro, já manifestam interesse em expandir seu portfolio e oferecer produtos em novos segmentos.

Elas contam com isso para expandir suas carteiras. A Escolher Seguro quer triplicar os atuais 3 mil clientes. A Sossego também tem uma meta ambiciosa: fechou 2012 com 3 mil clientes e quer chegar a 15 mil até o final do ano.

“Hoje, 50% dos seguros da Inglaterra já são contratados on-line eo Brasil certamenteseguirá a mesma tendência. Esta primeira etapa serviu para entendermos o comportamento do consumidor na compra de seguros pela Internet e para aprimorarmos nossos serviços. Estamos, agora, prontos para avançar para outras estratégias comerciais, como a oferta de produtos especiais para o mercado corporativo e o ingresso em novos segmentos”, dizAlexandre Jesus, CEO da Sossego. A corretora prepara ingresso em segmentos como residencial e vida, por meio de parcerias com seguradoras como Bradesco, Marítima, Zurich, Chubb, HDI e Mapfre e já prepara a estreia em outros segmentos de produtos massificados ainda no primeiro trimestre deste. Além disso, está negociando parcerias com condições especiais para grandes empresas e associações, como as recém-assinadas com a Gol Linhas Aéreas, Fast Shop, IBM e a Associação Brasileira de Odontologia (ABO).

A Escolher Seguro também está pronta para ofertar novos produtos e pretende comercializar seguros saúde e dental ainda no primeiro semestre de 2013. “Iniciaremos primeiro em São Paulo e, em breve, podemos expandir para outras regiões”, afirma Marco Kemp, sócio da corretora. Apesar de focarem em produtos para pessoa física, Kemp e o sócio, Pieter Lekkerkerk, não descartam ter famílias e autônomos entre seus clientes, uma vez que muitas seguradoras estão investindoem produtos para PME(pequenas e médias empresas), com apólices a partir de três vidas, por exemplo. “Também não descartamos fazer o seguro de pequenas frotas de automóveis, pois queremos fidelizar o cliente. Mas nosso foco está em pessoas físicas”, argumenta Lekkerkerk.

O ramo automóvel ainda é responsável pela maior parte das vendas da corretora e responde por 90% da produção. Acima de 50% das cotações são para seguros novos (não renovações) e a maior parte dos clientes está na faixa-etária dos 35 aos 45 anos. “O nosso público já entende o conceito da venda de seguro online e busca o melhor custo x beneficio para o seu bolso. Não oferecemos simplesmente a opção mais barata, mas sim o mais adequado às necessidades do cliente com o melhor custo. Por isso trabalhamos com muitas seguradoras”, explica Kemp. Atualmente, a Escolher Seguro tem mais de 20 seguradoras parceiras.

Revista Apólice ramo de seguros no Brasil

Jamille Niero / Revista Apólice

1 COMENTÁRIO

Deixe uma resposta