A agência internacional A.M. Best, especializada em avaliação de riscos do segmento de seguros, reavaliou o IRB-Brasil Re com rating A – (excelente) — a quarta melhor das 13 categorias disponíveis — com tendência de estabilidade no próximo ano.

Isso significa que o IRB-Brasil Re, apesar do cenário adverso da economia internacional, mantém-se como forte player do mercado, com performance financeira sólida e excelente capitalização ajustada aos riscos.

A Agência salienta que desde que o mercado de resseguros foi aberto no Brasil, o IRB-Brasil Re, conforme esperado, teve um declínio em seu market share. Entretanto, os esforços da empresa na reconquista deste market share nos últimos dois anos propiciou ao ressegurador manter a liderança isolada no mercado em termos de participação.

A perspectiva de expansão do IRB-Brasil Re no mercado internacional também contou positivamente na avaliação da agência de classificação riscos, assim como os investimentos contínuosem Tecnologia da Informaçãoe nas áreas comercial e de subscrição.

Segundo comunicado da A.M Best, “no geral, o IRB-Brasil Re tem uma posição forte e singular no crescente mercado de resseguro brasileiro, e a companhia possui uma estratégia definida e profissionais experientes para executar seu plano de negócios”.

A reafirmação da nota Excelente ratifica a estratégia da empresa de participar dos principais programas internacionais de resseguros, em especial, daqueles em que os órgãos reguladores ou as próprias seguradoras exigem elevados níveis de classificação de riscos dos resseguradores com os quais farão negócio.

Para o presidente Leonardo Paixão, o fato de a agência classificadora ter mantido a nota do ressegurador no patamar A- é uma vitória. “Diante da turbulência da economia mundial, o IRB-Brasil Re, assim como o Brasil,mostrou solidez frente a grandes desafios, atendendo, assim às expectativas de nossos clientes, que é poder contar com um parceiro de negócios forte e confiável”, analisa Paixão.

Quer saber mais sobre ressegurador, resseguros leia as notícias da Revista Apólice

J.N.

Revista Apólice

Deixe uma resposta