O Índice de Maturidade em Riscos da Aonfoi reconhecido na edição deste ano do prêmio Alexander Hamilton (AHA), da revista Treasury & Risk, que elege as melhores companhias e multinacionais ao redor do mundo por sua excelência e inovação na gestão de tesouro e finanças.

A Aon venceu na categoria Prata de “Gestão de Riscos de Empresas” do AHA. Entre os finalistas de várias categorias estão empresas como Google, Ford, Microsoft e McDonald’s.

O Índice de Maturidadeem Riscos (Risk MaturityIndex) foi desenvolvido pela Aon Global em 2011. “O objetivo é quantificar os riscos de empresas e a efetividade dos processos para gestão desses riscos. O Índice de Maturidade em Riscos permite automatizar a primeira fase da consultoria”, disseAlexandre Botelho, diretor da AGRC, área de consultoria em gestão de riscos da Aon.

O Índice foi feito em parceria com a Wharton School, da Universidade da Pensilvânia, Estados Unidos. A universidade ajudou a analisar os dados e a correlacioná-los com o desempenho econômico. A pesquisa aborda 10 características-chave de maturidade avançada em riscos, examinadas através de 125 questões que podem ser respondidas online, em cerca de 30 minutos. Isso resulta numa pontuação de 1 a 5.

Aproximadamente duas semanas após o questionário ser respondido, a Aon envia à empresa um relatório detalhado com os resultados, informando sobre a classificação da organização em relação às características e componentes de uma estrutura de gestão de riscos plenamente desenvolvida.

“O estudo é gratuito para todas as empresas, inclusive as que não são nossos clientes, com confidencialidade assegurada e um relatório que aponta o que deve ser melhorado na organização”, explica Carla Abrunhosa, diretora de Relacionamento e Marketing da Aon.

J.N.

Revista Apólice

Deixe uma resposta