A Generali antecipou-se à proposta da Susep e extinguiu, na semana passada, o custo de emissão de suas apólices enquanto receita específica. A empresa já vinha estudando a medida há alguns meses por entender ser mais transparente com relação à estrutura de preço do prêmio perante os clientes.

A extinção da taxa de emissão de apólice foi determinada pela Susep na última sexta-feira (5), após a análise de um grupo de trabalho instituído em abril ter indicado que, do ponto de vista contábil, não haveria justificativa para manutenção da taxa fora do prêmio.

A medida ainda será referendada pelo Conselho Nacional de Seguros Privados e passa a valer para todas as seguradoras a partir de 1º de janeiro de 2013.

J.N.

Revista Apólice

Deixe uma resposta