Nesta sexta-feira, o Clube dos Corretores de Seguros de São Paulo (CCS-SP) completa 40 anos de atividades.

O CCS-SP foi fundado no dia 5 de outubro de 1972, pelos corretores de seguros Abdon de Oliveira, Antonio D’Amélio, Benedito Dario Ferraz, Brasil Geraldo, Carlos Abreu Costa, Celso André, Cláudio Luiz Martins, Edgar César Portal Jorge, Geraldo Afonso Teixeira de Assunpção, Geraldo Resende de Matos, Henrique Elias, Hermínio Brandão, João Leopoldo Bracco de Lima, José de Almeida, José Querino de Carvalho Tolentino, Leonidio Jorge Valente, Menotti Minutti Junior, Milton D’ Amélio, Oswaldo Bevilacqua Festa, Oswaldo Montanini, Paulo Silveira, Petr Purm, Renato Rubens Rocchi Guedes de Oliveira, Roberto da Silva Porto, e Zenio Vergueiro Sampaio. Antonio D’Amélio foi o primeiro mentor, tendo comandado o Clube na gestão 1972-1974.

Sua fundação ocorreu devido a problemas políticos vividos pelo País naquela época, que cerceavam a liberdade de ação dos Sindicatos. Assim, o Clube assumia, na medida do possível, o papel que cabia ao Sincor-SP quando este ficava impossibilidade de agir em defesa dos interesses da categoria e do mercado de seguros. Hoje, as duas entidades trabalham em parceria e o CCS-SP promove debates que apoiam tomadas de decisão políticas do Sindicato.

“O Clube é um catalisador de expoentes dos corretores de seguros, que classifico como um ‘ativo intelectual’ apto a nortear ações e trabalhos pela categoria”, afirma o recém-empossado mentor da entidade, Alexandre Camillo. “Vamos respeitar as tradições e zelar por toda credibilidade e respeitabilidade conquistadas por todos que contribuíram com esta trajetória, mas também iremos atualizar o Clube para a realidade atual e os desafios que o futuro nos trará”, garante.

Camillo assumiu o comando da entidade na gestão 2012-2014 na última terça-feira (02/10), em almoço no Buffet Baiúca Higienópolis, reunindo mais de 200 pessoas entre as quais representativas lideranças de entidades e empresas do mercado de seguros. Integram ainda a nova gestão: Adevaldo Calegari, secretário; Paulo Jatene Bosisio, tesoureiro, além de Osmar Bertacini, Luciana Ferreira e Evaldir Barboza de Paula, membros da junta fiscalizadora.

O Clube irá adotar durante um ano a logomarca comemorativa às bodas da entidade. (imagem ao lado)

 

 

 

 

 

G.F.

Revista Apólice

Deixe uma resposta