Pela primeira vez na história cultural brasileira, 85 telas de mestres do impressionismo serão vistas em uma única exposição. “Impressionismo: Paris e Modernidade”, que reúne obras-primas do museu d’Orsay, um dos mais visitados no mundo, cruzarão o Atlântico e aportarão no Brasil.

A mostra, que vai de 4 de agosto a 7 de outubro de 2012, no Centro Cultural Banco do Brasil de São Paulo, e de 22 outubro de 2012 a 13 de janeiro de 2013, no CCBB Rio de Janeiro, tem patrocínio e seguro do Grupo BB Mapfre e tem a Fundación Mapfre e o próprio Centro Cultural do Banco do Brasil como seus principais realizadores.

A exposição reúne seis módulos, sendo três deles dedicados à vida da cidade: “Paris: a cidade moderna”, “A vida urbana e seus autores” e “Paris é uma festa”. Nessa parte estão as cenas e vistas do rio Sena e da catedral de Notre-Dame de Paris retratadas por Pisarro e Gauguin; a vida burguesa retratada por Renoir; o cotidiano mundano das prostitutas em quadros de Toulouse-Lautrec; e as bailarinas de Degas.

Os outros três módulos são “Fugir da cidade”, “Convite à viagem” e “A vida silenciosa”. Nessa divisão estão artistas que buscaram a tranquilidade do campo como forma de inspiração, como Claude Monet, que se mudou para Argenteul, no interior da França, e depois para Giverny; Van Gogh, que decidiu seguir para Arles com a finalidade de formar uma colônia de artistas; Gauguin e Émile Bernard foram viver na Bretanha; e Cezanne que voltou a Aix-en-Provence para “redescobrir a luz”.

“É uma honra participar como patrocinador de uma iniciativa desta grandeza. Além de reconhecermos a magnitude da exposição, entendemos que a arte está diretamente ligada à democratização do conhecimento e traz às pessoas a importância da reflexão”, afirma Roberto Barroso, presidente das áreas de agro e pessoas do Grupo.

“É, sem sombra de dúvida, um marco para o nosso Grupo patrocinar um evento dessa dimensão, no momento em que o Brasil, segundo a imprensa noticiou há alguns dias, aparece no topo do ranking mundial como sede das exposições mais visitadas no mundo”, comenta Marcos Ferreira, presidente do Grupo nas áreas de auto, seguros gerais e affinities.

A mostra “Impressionismo: Paris e Modernidade” tem curadoria de Caroline Mathieu, conservadora chefe do Museu d”Orsay, Guy Cogeval, presidente do Museu d’Orsay e Pablo Jiménez Burillo, diretor geral do Instituto de Cultura da Fundación Mapfre.

J.N.

Revista Apólice

Deixe uma resposta