O Grupo Bradesco Seguros realizou um estudo sobre a participação feminina na modalidade de seguros com conceito e filosofia de microsseguros da Organização. Até dezembro de 2011, as mulheres responderam por 41% do total, contra 59% dos homens.

Outro fator importante diz respeito à participação por classe social: 35% estão nas classes A/B, 38% na C e 49% nas classes D/E, o que reforça os números do seguro Primeira Proteção Bradesco, por exemplo. Entre as mulheres, o total de 1,3 milhão de apólices do produto comercializadas até dezembro de 2011 está distribuída da seguinte forma: 5% nas classes A/B, 30% na C e 65% nas classes D/E. Entre os homens, 6% são das classes A/B, 39% na C, e 54% nas classes D/E. As seguradas estão concentradas no Sudeste (64% do total), seguida do Sul (16%), Nordeste (10%), Centro-Oeste (6%) e Norte (4%).

A performance do Primeira Proteção Bradesco aponta para o crescimento do número de famílias administradas por mulheres. Segundo o IBGE, entre 2001 e 2009, o número de chefes de família do sexo feminino subiu 81%. São cerca de 10,8 milhões de lares mantidos unicamente por mulheres em todo o país. O Primeira Proteção Bradesco é um produto com o conceito e a filosofia do microsseguro, com mensalidade de R$ 3,50 e valor segurado de R$ 20 mil para morte acidental, mais sorteios mensais de R$ 20 mil por meio de plano de capitalização.

 

G.F.

Revista Apólice

Deixe uma resposta