15/08/2022

Mantenedoras da Incubaseg reforçam parceria com o projeto

As mantenedoras da Incubaseg têm planos para, se e quando for necessário, aprofundar a parceria. Na avaliação dos executivos dessas empresas, com o acirramento da concorrência no mercado de seguros, a inovação de processos, rotinas, produtos e serviços ganha força como um fator fundamental para conquistar novos consumidores e fidelizar os existentes. “Somente com as inovações poderemos fidelizar e vender mais produtos para os clientes já existentes no mercado. Além disso, teremos que ter muita criatividade e quebrar alguns paradigmas para atingirmos os potenciais clientes que estão entrando no mercado, com a ascensão das novas classes sociais.”, afirma, por exemplo, o superintendente executivo de produção e operações Canal Extra Banco da Bradesco Auto Re, Almir Ximenes Filho.

O executivo Luiz Bruzadin, da Met Life, por sua vez, acredita que particularmente nos seguros de pessoas ainda há muito espaço para inovação, não somente no que se relaciona à coberturas, mas também nas rotinas, processos e serviços para segurados. “A inovação, de fato, tem sido utilizada por muitas empresas em vários setores econômicos como um fator de competitividade fundamental”, acrescenta.

Para ambos, a Incubaseg, diante desse quadro, passa a ser um aliado importante das seguradoras, na medida em que funciona como um importante canal de captação de projetos e de ideias. Bruzadin entende que essas ideias, após avaliação por uma equipe de profissionais experientes, podem se tornar componentes em produtos e processos e serviços inovadores. “Isso gera novas oportunidades de negócios e pode ser um fator de diferenciação e competitividade tanto para manter os clientes como para conquistar novos consumidores”, comenta o executivo.

Ximenes pensa da mesma forma. Para ele, a Incubaseg pode suprir uma lacuna existente hoje no mercado, atuando com o foco direcionado para o apoio aos corretores em seus novos projeto ou até naquelas ideias que, por algum motivo,  estavam  engavetadas. “A Incubaseg, além de se apresentar como uma grande apoiadora a esses projetos, serve de elo de ligação e facilitação na comunicação entre os fornecedores das ideias/projetos e as seguradoras”, completa.

Outra mantenedora que vem apostando alto na parceria com a Incubaseg é a Liberty. Nesse contexto, Keila Forti (marketing – desenvolvimento de Produtos) entende que a incubadora tem como missão unir as ideias inovadoras de corretores com a vontade e a necessidade das seguradoras, que precisam ter alguns diferenciais e, assim, atenderem novos mercados, oferecendo novos produtos e serviços.

Para ela, ter acesso a ideias inovadoras é a base para desenvolvermos melhores produtos para os clientes e corretores da Liberty e, dessa forma, ajudar no amadurecimento do mercado de seguros. “A nossa expectativa é a de, através das novas ideias e projetos, aumentarmos o relacionamento com consumidores e corretores para entendermos cada vez mais o que as pessoas procuram em relação ao seguro e como podemos auxiliá-las na sua proteção”, assinala a executiva da Liberty.

Ela acrescenta ainda que, na seguradora, todos estão “muito satisfeitos com a primeira fase do projeto e motivados para dar sequencia na execução dos projetos que foram apresentados”.

Para executivos da Bradesco Vida e Previdência, as inovações em processos, rotinas e serviços abrem espaço para o aprimoramento da qualidade no atendimento ao cliente e provocam reflexos, inclusive, nos preços finais dos produtos. “Quem quiser continuar atuando neste mercado terá que se adaptar ao novo perfil do consumidor, que está cada vez mais exigente e com mais acesso a informação e ainda entender qual será a necessidade da nova classe C e D”, destaca Marcel Giacon, do Departamento de Planos Coletivos da seguradora.

Na visão dele, a Incubaseg chegou para acelerar e estimular esse processo de inovação em um mercado já maduro e que, com certeza, está preparado para receber esse tipo de iniciativa. “A Incubaseg aparece como um condutor da necessidade do cliente final, representado pelo corretor de seguros, otimizando o tempo das seguradoras e com todo o suporte necessário aos corretores”, observa Giacon.

A RSA Seguros também acredita que a Incubaseg  pode, de fato, contribuir para o desenvolvimento do mercado de seguros no Brasil, por meio da criação de novos produtos, assim como atualização dos já existentes. “Temos muito orgulho de, na qualidade de mantenedores, apoiar esse projeto desde a sua criação”, afirma Ariel Couto, diretor comercial da RSA Seguros.

Para a RSA, investir em inovação e qualidade é fundamental em dois aspectos: mantém os seus produtos atualizados e diferenciados, e, sob a ótica de processos, torna-os ainda mais competitivos.

Já Sérgio Mendonça e Thaís Souza, da Porto Seguro, lembram que o cliente está em busca de um completo serviço, ou seja, bons produtos e boas entregas. Diante dessa realidade, as seguradoras precisam ficar atentas ao tripé: Produtos, Serviços e Processos/ Sistemas.

Sobre a importância da Incubaseg nesse processo, eles destacam que cabe à incubadora agilizar a captação de boas ideias, lapidá-las e difundi-las na seguradora. “Quanto melhor a ideia vier lapidada, maior a agilidade na avaliação do negócio e sua implantação pela seguradora”, completam.

 

G.F.

Revista Apólice