O setor de capitalização acaba registrar uma marca histórica: no primeiro trimestre do ano, as reservas técnicas – volume acumulado dos recursos aplicados em títulos de capitalização – atingiram os R$ 20,179 bilhões.
“É um número muito expressivo”, comemora o presidente da Fenacap, Marco Barros, dizendo que o fato evidencia a maturidade do mercado, além de representar um importante incremento na poupança interna do País.
Segundo o executivo, que também ocupa o cargo de diretor de Seguros, Previdência e Capitalização do Banco do Brasil, as reservas cresceram 13,6% em relação a igual período do ano passado, sinalizando a consolidação dos títulos de capitalização como uma alternativa efetiva para formação de patrimônio.
O faturamento global do setor, por sua vez, avançou 22,03% em comparação ao primeiro trimestre de 2011, atingindo os R$ 3,76 bilhões.
Segundo uma recente pesquisa do Instituto Fractal, de São Paulo, os títulos de capitalização são apontados como o número 2 na preferência dos brasileiros, atrás apenas da Caderneta de Poupança.

J.N.

Revista Apólice

Deixe uma resposta