Em sua 19ª edição, a Hospitalar começa hoje (22) e vai até o dia 25 de maio, no Expo Center Norte, em São Paulo. Simultaneamente à feira, haverá congressos e palestras.

O faturamento registrado em 2011 pelos hospitais que integram a Associação Nacional de Hospitais Privados (ANAHP) foi de R$ 9,4 bilhões. Os dados são do Sistema Integrado de Indicadores Hospitalares (SINHA) e estão na 4ª edição do Observatório ANAHP, que será lançado hoje na Hospitalar. A publicação reúne uma completa análise dos indicadores econômico-financeiros, operacionais, de gestão de pessoas e de qualidade dos hospitais associados, bem como uma análise do sistema de saúde suplementar.

A principal origem das receitas hospitalares é das operadoras de planos privados de saúde que respondem por cerca de R$8,9 bilhões desse montante, o que corresponde a 94,4% do total.

“Além dos resultados financeiros, é importante ressaltarmos que os profissionais da área da saúde estão percebendo que somente cuidando da qualidade de seus serviços poderão garantir um crescimento sustentável a longo prazo. Diante desta realidade, podemos observar o crescimento do número de hospitais empenhados em buscar certificações que comprovem a qualidade da assistência ofertada”, afirma Francisco Balestrin, presidente do Conselho Deliberativo da ANAHP.

O Hospital Sepaco participará do XVI Congresso Brasileiro de Qualidade em Serviços de Saúde. Lúcia Arenque, responsável pela área de processos e qualidade da instituição, ministrará a atividade “Desenho e Redesenho de Processos na área da Saúde”, na qual ressaltará a importância de combinar duas técnicas de diagnósticos – o mapeamento de processos e o fluxograma. “Esse modelo é necessário para se alcançar o panorama ideal dentro das organizações, além de alinhar a visão estratégica que auxilia na identificação de falhas e desperdícios”, explica.

Já o Dr. Linus P. Fascina, superintendente médico hospitalar do Sepaco, será o moderador de hoje, no período das 14h às 17h15, liderando as conferências “Perfil dos Profissionais da Saúde: como integrar as diferenças”, “Desenho e Redesenho de Processos na área da Saúde” e “O Novo Código de Ética Médica e o Impacto na Gestão Hospitalar”. “Para o Sepaco, participar de um evento desta dimensão mostra a competência dos profissionais da entidade e a importância de estar sempre em constante atualização”, destaca.

A E-VAL também participará do evento apresentando e demonstrando a solução E-VAL MADICS, que viabiliza a eliminação definitiva do papel dos prontuários e registros eletrônicos de saúde.

Segundo Luis Gustavo Kiatake, diretor de marketing e vendas da E-VAL, “esta é uma grande tendência, onde os processos passam a ser totalmente informatizados e contam com maior segurança da assinatura digital, que segue todas as especificações definidas no Manual de Segurança NGS-2 SBIS/CFM e ICP-Brasil”.

O E-VAL MADICS – Módulo de Assinatura Digital e Certificação em Saúde, integrado a um sistema de prontuário eletrônico, permite eliminar a necessidade da impressão e da assinatura manuscrita dos profissionais de saúde, pois agrega a assinatura digital ao documento eletrônico, conferindo valor jurídico, confiabilidade, agilidade e uma grande redução de custos envolvidos com a impressão e o gerenciamento físico dos documentos.

“Uma das principais vantagens desta solução é a segurança que a assinatura digital confere por não permitir fraudes, e a possibilidade de implementar um processo no qual todas as informações clínicas estão no sistema eletrônico, já que não há a necessidade de impressão. Só assim será possível o uso de um sistema de apoio a decisão diagnóstica e de tratamento”, explica o executivo.

Durante o evento, a Dimep apresentará o DMP Face, Catraca de dois braços e o Vigipoint II. O DMP Face, por exemplo, fornece alternativa mais higiênica para a marcação de ponto, sem necessidade de contato para a leitura de digital e mão. Ele também elimina o uso de cartões e crachás. Seu sistema conta com duas câmeras de infravermelho, que realizam análise e identificação da face em três dimensões.

“Com este novo produto, oferecemos aos nossosclientes o que há de mais moderno em biometria. Com o preciso sistema do DMP Face, as empresas terão toda a qualidade e precisão no controle de acesso reconhecido pelo mercado”, afirma o Dr. Dimas de Melo Pimenta II, presidente da DIMEP.

Mais informações sobre a Hospitalar no site www.hospitalar.com.

G.F.

Revista Apólice

Deixe uma resposta