O Clube dos Corretores de Seguros do Rio de Janeiro conseguiu obter da Bradesco Seguros o compromisso de repasse ao corretor de valor correspondente a 20% do custo de emissão de apólice. “Esse é o reconhecimento de um grande grupo de que o corretor merece ser ressarcido pelas despesas administrativas que lhes foram repassadas por todas as seguradoras nos últimos anos”, comemora o presidente do clube, Amilcar Vianna.

Segundo ele, a expectativa, agora, é a de que as demais seguradoras assumam a mesma postura, pois está se consolidando, no mercado, a revisão do “ultrapassado conceito” de que o corretor não teria direito a receber parte dos valores do custo de emissão de apólice. “Os corretores, há muitos anos, vinham se queixando de que a carga de trabalho aumentou muito coma execução de serviços que originalmente estavam a cargo das seguradoras. O que é pior, sem a contrapartida financeira que remunerasse esse trabalho. Esse cenário está mudando”, acrescentou Amilcar Vianna.

Vianna disse que, inicialmente, levou essa reivindicação para o superintendente executivo da Bradesco Seguros, Francisco Rosado, que encaminhou o pleito para a diretoria e obteve o aval para o compromisso firma do com o Clube dos Corretores de Seguros.

 

G.F.

Revista Apólice

Deixe uma resposta