O mercado de planos de previdência privada cresce ano após ano. Contudo, um fato que salta aos olhos é a alta concentração das reservas destes planos nas seguradoras ligadas aos grandes bancos se comparadas ao volume de negócios das seguradoras independentes. A situação mostra-se ainda mais curiosa ao se constatar que há um maior número de seguradoras independentes, mas, ainda assim, estas possuem menos de 10% das reservas do mercado segundo dados da Fenaprevi.
Uma boa pista para descobrir as causas deste desequilíbrio de mercado é entender como funciona o hábito de contratação de um plano de previdência privada, que deveria ser norteado por critérios financeiros. Mas não é o que ocorre, pois muitas vezes, o consumidor é levado a contratar seu plano de previdência no banco onde possui sua conta-corrente pelos motivos mais variados incluindo aquela forcinha para seu gerente bater a meta no final do mês, a comodidade do débito automático ou ainda para facilitar a liberação daquele empréstimo de emergência.
Ao deixar-se levar por tais circunstâncias, a contratação de um plano de previdência privada poderá se tornar no futuro, uma das piores escolhas para seus investimentos e consequentemente para sua aposentadoria.
Bancos possuem planos de previdência com taxas muitas vezes competitivas, mas na maioria dos casos, não é este o plano que você acaba contratando por causa da tal “conveniência”. Para saber qual o melhor plano a escolher, é fundamental recorrer aos números. Em um plano de previdência com uma contribuição mensal de R$ 500,00, após trinta anos você poderá ter acumulado no momento de sua aposentadoria R$ 300.000,00 (em um plano com taxa de gestão financeira de 3% ao ano) ou então mais de R$ 400.000,00 (em um plano com taxa de gestão financeira de 1% ao ano).
No exemplo acima, o custo de oportunidade, aquilo que se deixa de ganhar em relação a outro investimento, pode ser mais de R$ 100.000,00. Se por acaso você se identificou com esta situação, ainda há tempo para corrigir e mudar seu futuro. A saída é fazer a portabilidade de seu plano de previdência trocando seu plano por outro melhor.
A maneira mais eficaz para se escolher o melhor plano de previdência é fazer uma boa pesquisa de mercado. O problema é que, para que esta pesquisa seja bem feita, o consumidor teria que possuir conhecimentos avançados em cálculos para elaborar de planilhas financeiras complexas, além de buscar informações sobre os conceitos técnicos dos planos de previdência privada. Com a planilha pronta e o conhecimento adquirido, ainda seria necessário a consulta às diversas empresas que comercializam planos de previdência privada no país. Não é impossível, mas as dificuldades são muitas.
Uma das possíveis alternativas para o consumidor é utilizar a Internet. O Site BuscaPrev (www.BuscaPrev.com.br) é uma ferramenta eficiente, especializada e independente para achar o plano que melhor se encaixa em seu perfil.
Inspirado nos principais sites buscadores do mercado, o BuscaPrev permite que você examine e compare os principais e melhores planos de previdência privada disponíveis no mercado, alinhados às suas necessidades e disponibilidade financeira. O site possui um simulador automático que leva em conta as principais variáveis para se escolher um plano de previdência privada como as melhores taxas de carregamento, a gestão financeira, os juros na concessão de benefícios, as tábuas atuariais entre outros quesitos técnicos que influenciarão no valor de sua aposentadoria.
O resultado é mostrado de forma simples, por meio de um ranking com os melhores planos de previdência das principais instituições do mercado incluindo as seguradoras ligadas aos bancos e também as independentes, para que desta forma você possa fazer a escolha de seu novo plano de previdência, ou então avaliar a mudança de seu plano atual para outro mais vantajoso.
A navegação pela Internet é sem dúvida a forma mais rápida e segura para se começar a escolher o plano de previdência privada, principalmente pelo número de variáveis envolvidas na nesta escolha. E o BuscaPrev é o primeiro passo para que você siga na direção certa.

Portais de seguros

Keyton Pedreira é economista especializado em Previdência Complementar, advogado e diretor executivo da Nunes & Grossi

Deixe uma resposta