A próxima etapa da Stock Car será no dia 5 de junho, no circuito Orlando Moura, em Campo Grande, no Mato Grosso do Sul e, até lá, os carros da categoria continuam sendo rastreados pela Tracker do Brasil. São 32 carros rastreados.
“A parceria com a Tracker nos dá tranquilidade em saber que as equipes que disputam as provas estão em condição de igualdade em relação aos testes, sejam em pistas ou em túneis de vento. Além disso, temos a segurança do nosso patrimônio, já que viajamos de norte a sul do país, para cumprir o extenso calendário da competição”, conta diretor-geral da Vicar – empresa responsável pela organização da Stock Car -, Maurício Slaviero. Os quatro veículos de apoio da Stock Car – três carros de resgate e uma pick-up – também são rastreados, para evitar possíveis roubos. Os carros da Stock Car são rastreados nas 24 horas dos 365 dias do ano, inclusive nas férias, pela tecnologia de radiofrequência.
A Tracker do Brasil é a rastreadora oficial da competição desde maio de 2009. “É com muito orgulho que temos essa parceria com a Stock Car e oferecemos uma segurança que nem uma outra categoria do automobilismo mundial possui. Além disso, intensificamos o acompanhamento com os nossos equipamentos que, na competição, passam por testes extremos de trepidação, temperatura elevada e impacto e não perdem a eficácia”, conta o presidente da empresa, François Barnier.

J.N.
Revista Apólice

Deixe uma resposta