O volume de vendas de títulos de capitalização no país chega ao patamar de R$ 956 milhões no mês de abril, crescimento de 27% em relação ao mesmo período de 2009, de acordo com a FenaCap (Federação Nacional de Capitalização). O setor acumula no primeiro quadrimestre de 2010 faturamento de R$ 3,6 bilhões, o que representa expansão de 21% sobre o mesmo período do ano passado, e suas reservas somam R$ 15,6 bilhões, alta de 14%.
Para Hélio Portocarrero, diretor-executivo da FenaCap, o setor está alinhado às necessidades dos consumidores que, por meio de novos produtos, buscam cada vez mais formas de poupar e de concorrer a prêmios. “O desempenho obtido no quadrimestre foi bastante representativo para o crescimento do mercado. Acreditamos que esses números tomarão ainda mais impulso no segundo semestre”, comenta.
No ranking nacional do setor, o estado de São Paulo se mantém na primeira colocação com R$ 1,3 bilhão de faturamento e 38% de participação no segmento. Já o Rio Grande do Sul ocupa a segunda posição na classificação com R$ 347 milhões e 9,58% de representatividade, passando à frente do estado do Rio de Janeiro que, na terceira colocação, soma R$ 345 milhões de faturamento e fatia de 9,53% do setor.

J.N.
Revista Apólice

Deixe uma resposta