seguros

Em um cenário com 124 mil lojas em shopping centers no Brasil, segundo a Associação Brasileira de Lojistas de Shopping (Alshop), empreendedores buscam alternativas variadas para proteger seu patrimônio e continuar a crescer no segmento que movimentou R$ 51,2 bilhões em vendas em 2017. A contratação de seguro deve ser vista como uma dessas ferramentas de apoio ao empresário lojista, pois visa garantir o pagamento de indenizações por prejuízos devidamente comprovados, decorrentes de acidentes, perdas e danos nos estabelecimentos.

Geralmente uma exigência nos contratos de locação entre shoppings e lojistas, o empresário deve buscar produtos mais alinhados à sua área de atuação, para coberturas mais específicas.

Cristian Achurra, gerente de Seguro Empresarial PME da AIG Seguros, explica que o trabalho feito junto ao corretor de seguros especializado é focado exatamente na compreensão dos riscos que envolvem cada operação, o que favorece a formatação da melhor apólice. Daí a necessidade de conhecer os produtos disponíveis no mercado e quais são mais adequados à loja ou restaurante de shopping center.

O seguro empresarial da AIG, por exemplo, oferece, entre as mais de 40 coberturas a 200 ramos de atuação diferentes. Além das tradicionais reparações a danos patrimoniais como incêndio, explosão, danos elétricos e a equipamentos de tecnologia. Além disso, o produto oferece coberturas específicas para o segmento de lojas como roubo de clientes e de valores no interior do estabelecimento, derrame de sprinklers, perda ou pagamento de aluguel, danos causados por tumultos, responsabilidade civil, entre outros.

“As lojas em shopping center são hoje um investimento bastante positivo, pela segurança e alta frequência nos mais de 700 shoppings espalhados pelo País. Porém, os empresários devem estar cientes dos riscos em sua operação que podem afetar o desempenho e até sobrevivência do negócio”, completa Achurra.

Nas áreas como praças de alimentação, por exemplo, os estabelecimentos podem contar com cobertura para deterioração dos alimentos em caso de quebra do sistema de refrigeração já inclusas na mesma apólice do produto.

Agilidade na cotação

O acesso ao serviço também foi facilitado por meio de ferramentas que as seguradoras dispõem para a sua contratação com o auxílio do corretor. A empresa investiu regularmente nesse sentido, sobretudo com o seu Portal do Corretor, uma plataforma 100% digital para cotação e emissão de apólices, desenvolvida com o objetivo de ser um facilitador dos negócios e prestar um serviço mais ágil para o correto e para o segurado.

M.S.
Revista Apólice

Deixe uma resposta