Insurtech

A InsurePal, uma insurtech que atua no Reino Unido, está revolucionando a indústria de U$ 7 trilhões ao oferecer uma plataforma peer-to-peer para usuários obterem serviços e produtos de seguros. A ideia da companhia é reduzir custos e eliminar intermediários redundantes no processo de aquisição de seguro ao utilizar a aprovação de conhecidos do usuário para dar garantias sobre ele.

O destaque é usar a tecnologia do blockchain Ethereum e a aprovação social para facilitar que as pessoas obtenham seguros. Além disso, a insurtech aproveita outra novidade para conseguir alavancar seu desenvolvimento: o Initial Coin Offering – ICO, termo correlato ao IPO – Initial Public Offering. Funciona mais ou menos assim: a insurtech emite tokens para investidores, da mesma forma que empresas que abrem capital oferecem ações. O token pode representar tanto o direito de uso de um aplicativo ou serviço, uma criptomoeda, um valor mobiliário ou qualquer ativo. Como o ativo é programado na tecnologia blockchain, fica certificado o direito de posse do investidor sobre ele.

Essa é uma novidade ainda nova para o mercado brasileiro, mas que deve começar a crescer nos próximos anos. Com essa estratégia, as startups evitam os demorados processos de captação de recursos tradicionais. Além disso, funciona como uma alternativa à arrecadação de capital por meio de crowdfunding, pois funciona, de certa forma, como um crowdfunding com o uso de criptomoedas.

Avanços

O InsurePal lançou um ICO no começo deste ano com o objetivo de captar 15 milhões de libras esterlinas (aproximadamente R$ 68 milhões). Também fechou parceria com a startup de contratos inteligentes, Mattereum. O ICO do InsurePal se encerraria no dia 18 de janeiro e os recursos seriam usados para promover o lançamento de seguros de veículos no Reino Unido. Mas, ao fim de 1 minuto e 20 segundos, a insurtech arrecadou 18 milhões de libras esterlinas com a emissão de tokens.

Em janeiro, a companhia anunciou ainda a chegada de Charlie Shrem como conselheiro de desenvolvimento de negócios da empresa. Shrem é um pioneiro no mundo do bitcoin, um trader de moedas digitais, economista social e expert em criptomoedas. Shrem disse que está animado em fazer parte do conselho para o projeto da insurtech. “O InsurePal é um conceito muito interessante e eu gosto de me envolver em projetos de blockchain não relacionados a finanças”, disse Shrem. “Acredito que podemos criar uma ponte entre seguros com e sem o uso de cripto, o que será algo muito interessante.”

Os tokens do InsurePal podem ser adquiridos na exchange Livecoin e até o fechamento desta matéria já tinham valorizado mais de 300% desde o lançamento no final de janeiro.

Apólice na Insurtech Brasil 2018

A Revista Apólice marcará presença na Insurtech Brasil 2018, que será realizada nos dia 5 de abril, em São Paulo, e os leitores da publicação terão desconto para participar do no evento. Para aproveitar o benefício, basta colocar o código “revista-apolice”.

Acesse aqui para mais informações sobre Insurtech Brasil 2018.

Fonte: Conexão Fintech

L.S.
Revista Apólice

Deixe uma resposta