Bonificação extra para corretor que estimular aporte na previdência

previdência

A SulAmérica lançou campanhas para conscientizar o corretor de seguros a oferecer aos seus clientes a possibilidade de usar a verba extra do final do ano para realizar aportes em planos de previdência.

“Estamos em um período em que o tema previdência vem ganhando cada vez mais visibilidade. Com as campanhas, oferecemos oportunidade para que o nosso parceiro de negócios possa aumentar sua produção com os seus clientes”, afirma o vice-presidente de Investimentos, Vida e Previdência, Marcelo Mello.

As novas ações consistem em aumentar a comissão sobre cada aporte feito por atuais e novos clientes dos produtos individuais PGBL e VGBL (exceto os tradicionais). Até o dia 22 de dezembro, os corretores passarão a receber comissão especial de 2% sobre cada contribuição extra de seus clientes.

Outra campanha beneficiará corretores que aumentarem o volume de negócios em contribuições mensais (no caso de novos investidores) e aportes tanto para atuais e novos clientes. Para isso, a seguradora reduziu os valores mínimos de contratação e aporte nos planos das modalidades SulAmérica Previdência, Educaprevi e Prestige. Esta segunda campanha irá se estender até o dia 31 de março de 2018.

“Esses mecanismos se mostram boas oportunidades para que o corretor de seguros que ainda não trabalha com a previdência em sua carteira possa enxergar nela uma boa e nova possibilidade de ampliar seus negócios”, afirma Mello.

Dedução no Imposto de Renda

Um dos benefícios ao trabalho do corretor é que ele pode divulgar junto aos seus clientes que a campanha de incentivo para quem faz contribuições mensais em planos de previdência da SulAmérica foi ampliada neste ano. Agora, se ele usar a sua renda extra para realizar aportes, pode acumular números da sorte e concorrer a prêmios que serão sorteados pela Loteria Federal.

Outro argumento é o de explicar ao seu cliente que ele pode aproveitar o benefício fiscal do PGBL (Plano Gerador de Benefício Livre) e deduzir, já na próxima declaração de Imposto de Renda, suas contribuições até o limite de 12% de sua renda tributável.

L.S.
Revista Apólice

Adicionar novo comentário

 

NEWSLETTER