Sobe o valor dos aportes nos planos de previdência para crianças

previdência

No mês em que se comemora o Dia das Crianças, a Brasilprev divulga os números do plano Brasilprev Júnior, destinado a pessoas de zero a 21 anos. O produto, que existe desde 1997, mostrou evolução no tíquete médio e uma diminuição na idade de entrada desses jovens em relação a dezembro de 2016.

O tíquete médio, que é o valor de aporte, foi de R$ 161 para R$ 171, crescimento de 6%. A idade média de contratação dos planos diminuiu de 6 anos, em 2016, para 5,7 anos em 2017, o que mostra a preocupação em investir cada vez mais cedo. A idade média de contratação dos responsáveis por esses planos (geralmente pais), porém, permaneceu na casa dos 42,2 anos de idade, tanto para os planos contratados em 2016 quanto em 2017 (como mostram os gráficos abaixo).

O valor total de reserva manteve o retrospecto de evolução e cresceu de RS 9 bilhões para R$ 10 bilhões. Atualmente são cerca 630 mil planos neste produto, que correspondem a 26,5% da base total de clientes da Brasilprev em todo o país.

gráfico Brasilprev 1

gráfico Brasilprev 2

L.S.
Revista Apólice

Adicionar novo comentário

 

NEWSLETTER