atuários

O site norte americano CareerCast.com, de pesquisas e informações sobre carreiras profissionais, divulgou recentemente o 28º relatório anual de ranking de profissões, que coloca as profissões ligadas à matemática no topo das melhores carreiras nos Estados Unidos.

Em primeiro lugar, com perspectivas promissoras de emprego e lucratividade, aparece a carreira de cientista de dados, que engloba conhecimentos na área de matemática, ciência da computação e análise de tendências.

Entre 10 profissões mais bem avaliadas no raking, quatro são ligadas ao campo da matemática, figurando, inclusive, em 10º lugar, a de atuário. Esse profissional, que atua principalmente no mercado segurador, analisando os custos e os riscos envolvidos na atividade, obteve em 2016 uma renda média de US$ 97.362,00.

Utilizando dados do Departamento de Estatísticas do Trabalho dos EUA, entre outras fontes, a metodologia do relatório considera a oferta de emprego, o ambiente físico e emocional do emprego, a quantidade de horas trabalhadas, o potencial de crescimento na carreira e o valor do salário, além de 11 fatores de estresse para determinar quais profissões mais e menos desejáveis.

Mas enquanto a profissão de atuário encontra-se em ascensão, o mesmo não se pode falar do jornalismo, cuja oferta de emprego encontra-se em franca diminuição, além de terem de conviver com altas doses de estresse. Na 200ª e última posição doo ranking está o de repórter de jornal, com um salário médio de US$36.390,00, enquanto a de repórter de rádio está em 198º lugar.

Fonte: CNseg

L.S.
Revista Apólice

Deixe uma resposta