seguro de vida

A AXA dos EUA recentemente revelou uma nova maneira para falar sobre seguro de vida, um assunto de longo prazo delicado que geralmente encontra resistência, ainda que, de acordo com a pesquisa realizada pela agência americana Limra, 86% dos consumidores digam que as pessoas precisam de proteção como um seguro de vida. Por isso, a partir de uma longa pesquisa em parceria com a agência Maslansky+Partners, que provê pesquisas para ajudar as empresas a se comunicarem melhor com os clientes, a companhia enveredou pelo caminho de implementar uma nova linguagem para esse produto.

Muitos consumidores são confundidos por discussões sobre seguros de vida mais comuns, que são aqueles que estão com a pessoa durante toda a vida e o sinistro é pago apenas em caso de morte. Mas a seguradora quer discutir com seus clientes outra modalidade, a chamada Permanent Life – um produto no qual existem benefícios como a poupança e resgate de uma parcela do dinheiro investido.

“O seguro Permanent Life é designado para ser mais do que apenas proteção para a família”, afirma Ron Herrmann, head de negócios e Proteções Financeiras na AXA EUA. “Mas, muitos consumidores não entendem isso, em muitos casos, eles podem acessar o valor acumulado, serem poupados de taxas no imposto de renda, usar o dinheiro para complementar a aposentadoria, ajuda para pagar um curso universitário ou outras despesas

Como falar sobre seguro de vida resgatável

Pesquisas mostraram que alguns consumidores não entenderam a diferença entre os diferentes tipos de produto oferecidos; outros acreditam que a utilização de uma apólice como meio de poupança é muito arriscado. A pesquisa também mostrou que há ainda quem não entenda como acontece, efetivamente, o retorno e uso desse dinheiro para despesas ou aposentadoria. Acreditam que seguro de vida é proteção apenas para a família.

Por esses motivos, a seguradora acredita que mudar a maneira como os seus profissionais falam sobre essa alternativa de seguro faz a diferença e ajuda consumidores a pararem e ouvirem, faz com que eles enxerguem e vejam os benefícios que eles podem ter.

Algumas soluções encontradas foram:

  • Proteção e mais – começar com explicações dos fatores com os quais os consumidores estão confortáveis e então mostrar, aos poucos, os benefícios extras.
  • Um adicional inteligentepara muitos planos financeiros – os consumidores poderão entender que a proteção da vida e a poupança podem caminhar juntas
  • Para aqueles que querem novas maneiras de proteger suas famílias, minimizar potencialmente pagamento de taxas e acumular poupar – destacar benefícios que importam para determinado consumidor

 

“Nós temos usado a linguagem sugerida pela agência responsável pelo estudo em nossos materiais de marketing e testá-los para ver se sua efetividade”, afirmou Ori Bem-Yishai, diretor de Marketing da AXA EUA. “Em teste com consumidores, mais de 90% deles disseram que os materiais aos quais tiveram acesso foram capazes de explicar por que o seguro de vida é parte importante em plano financeiro geral e os fez pensar em adquirir uma apólice, caso ainda não tivessem. Apenas 6 em cada 10 americanos têm apólice de seguro de vida,  isso dificulta a completa compreensão do quanto esse tipo de produto pode ser benéfico e oferecer mais proteção do que se imagina: proteger suas vidas e suas finanças”

A.C.
Revista Apólice

Originalmente publicado no site: Business Wire

Deixe uma resposta