Durante o feriado prolongado de Carnaval, todos pensam em se divertir com os amigos e família. Em muitos casos, a opção escolhida é aproveitar os dias de folga para viajar. Mas, antes de pegar a estrada, é preciso prestar atenção a alguns cuidados extras com seu patrimônio.
Viagens de longa duração, sobretudo em épocas pontuais como o Carnaval, inspiram a ação de ladrões, que percebem a ausência de proprietários nos imóveis. Além do seguro residencial, necessário em qualquer situação, medidas simples de segurança podem garantir a integridade da sua residência e, com isso, sua tranquilidade durante a folia.
Tentar enganar os ladrões deixando luzes acesas já não é o bastante para afastar os bandidos. A principal recomendação dos Departamentos de Segurança Pública é deixar as chaves do imóvel com algum amigo ou parente que possa visitar o imóvel e desligar a iluminação logo ao amanhecer. Na falta de um amigo próximo ou parente, é possível recorrer a algum vizinho de confiança, mas pense bem antes de entregar as chaves. Nem sempre um vizinho é a opção mais segura.
Apesar da empolgação, não divulgue informações sobre sua viagem nas redes sociais, nem mesmo mencione que irá viajar. Sair anunciando pode incentivar pessoas mal intencionadas a invadirem a residência, pois saberão que a casa ficará vazia em determinado período. Deixe para contar sobre a viagem quando voltar.
Lembre-se também de desligar a campainha ou interfone. Também suspenda a entrega de jornais e revistas, evitando que o material fique amontoado em frente a casa, evidenciando que não há ninguém no imóvel. Essas precauções irão deixar os bandidos em dúvida se você e sua família estão mesmo ausentes.

Ainda mais proteção
Sua casa é abrigo e conforto para você e sua família. Um lugar tão importante como esse precisa estar protegido. O seguro residencial visa proteger o seu patrimônio e garantir o recebimento de indenização em situações inesperadas, como roubo, incêndio, danos elétricos, vendaval e até responsabilidade civil por danos involuntários causados a terceiros. Com ele, sua residência estará sempre protegida.
De acordo com Luciano Cardoso, superintendente regional da AD Corretora de Seguros, muitas pessoas desconhecem que o valor de uma apólice de seguro residencial é bem acessível ao bolso e que, em muitos casos, não chega a comprometer nem mesmo 1% do orçamento doméstico mensal. O especialista explica ainda que o custo final do seguro é calculado de acordo com o valor da casa, da localização e do número de coberturas escolhidas.
Segundo Cardoso, o seguro residencial possui planos diferentes, conforme a necessidade e o perfil do contratante. Dessa maneira, é fundamental a orientação de um corretor de seguros idôneo e habilitado pela SUSEP – órgão que fiscaliza a atuação no mercado segurador. “O papel do corretor é justamente analisar os riscos aos quais o segurado está exposto e buscar o produto mais adequado às suas necessidades, considerando o melhor custo x benefício”, aponta.

Segurança de seu veículo
Seu automóvel também precisa estar protegido. Mesmo que você não viaje com ele, é importante que seu veículo esteja assegurado, no caso de algum ladrão invadir sua casa e, além de roubar seus pertences, também levar seu carro.
Se você for viajar com seu automóvel, a contratação de um seguro auto é de extrema importância. É preciso estar consciente de que nos feriados o fluxo de veículos aumenta e, proporcionalmente, o número de acidentes.
O seguro automóvel visa cobrir os prejuízos causados a seu veículo, que podem ser ocasionados por colisão, incêndio e roubo. Também é possível contratar uma cobertura de Responsabilidade Civil Facultativa (RCF), que visa garantir a indenização de valores por danos materiais, pessoais e/ou morais causados a terceiros, sendo todos eles involuntários, ocasionados por sinistros dos quais o segurado seja comprovadamente responsável. Além de evitar transtornos em possíveis acidentes envolvendo terceiros, as coberturas de RCF asseguram a tranquilidade do cliente na regulação do sinistro, ao não exigir pagamento de franquia.
Segundo o superintendente regional da AD, as pessoas precisam se conscientizar de que o risco é constante e que, por isso, o investimento em proteção é fundamental. “O seguro deve ser percebido como um investimento em tranquilidade”, afirma.

Prevenção pode evitar o acionamento do seguro
Mesmo possuindo um seguro auto, é claro que ninguém quer ter o carro roubado. Por isso, alguns cuidados são essenciais para você não ficar na ‘mira dos ladrões’ durante sua viagem de Carnaval.
– Procure pesquisar quais são os locais mais seguros para estacionar;
– Ao estacionar, observe se há pessoas suspeitas ao redor;
– Quando for sair com o carro, tenha sua chave em mãos e não demore para arrancar;
– Mesmo com o veículo estacionado, nunca atenda o celular com as portas ou vidros abertos;
– Conheça o trajeto de sua viagem e planeje sua rota antes de sair de casa;
– Nunca deixe objetos, sobretudo de valor, dentro do veículo. Eles podem despertar o interesse para furtos;
– Se possível, invista em itens de segurança, como travas, alarmes e sistemas de monitoração.

T. C.
Revista Apólice