O Grupo MDS vai começar a operar, no início de 2013, em Angola. Segundo o presidente executivo do grupo, José Dias da Fonseca, outros mercados africanos, como Moçambique e Cabo Verde, também serão analisados.
Citado pelo jornal português “Sol”, o presidente afirmou que a entrada da MDS em Angola é feita em parceria com a ISEM, empresa de capitais angolanos privados que é também acionista do Standard Bank. “Aguardamos apenas a licença do regulador para começar a funcionar formalmente, porque já estamos presentes naquele mercado”, salientou o presidente da MDS.
A operação em Angola vai depender da recém-criada MDS África, empresa vocacionada para o mercado africano e que controla 50% da parte angolana, ficando a outra metade do capital nas mãos da ISEM.

Com informação do Jornal de Angola

 Gabriela Ferigato

Revista Apólice